Make your own free website on Tripod.com
INÍCIO >> POESIAS CÓSMICAS >> DOCES MISTÉRIOS
Doces Mistérios
As estradas distantes estão próximas da mente e aparentemente ocultas do coração
Lugares às vezes estranhos, são Ninhos, Brilhantes Errantes que o tempo armazenou, construções impossíveis de sonhos que ninguém na esfera terrestre, Bendito Fruto do Mestre, terá o vil poder de destruir
Ir e vir, às vezes, torna-se tão normal como pétalas de rosas que caem solenes ao desértico chão

Saber que os mistérios são tênues e reais ilusões é Dom divino
É Anjo ainda Menino, batendo asas ao Som Guardião de um Sino Estelar

Amar a cada Instante é o Pulsar da Eternidade É sonhar ao acordar, e poder colher na tormenta a mais misteriosa calmaria do Mar
Navegar bem além no vai e vem de uma Nave
É tom primaveril de um eterno sopro suave
Que bate como onda em rochedo, sem medo e verte em Canção
Certeza que, realmente, não existe a solidão.

Sei tantas coisas e na verdade não sei nada
Sei de outra Alvorada, radiante, incessante
Pura Realeza Cósmica, Beleza Imantada
Luzes e Luzes de uma Desconhecida Estrada
Doces Mistérios, lembranças de Monastérios
Sei desse vai e vem, sei dos Sonhos, sei da Presença de Deus, sei de um Antigo Salmo e de Tanta Proteção à Margem da Ilusão, e da Luz que Reluz a cada Palmo
No Vai e Vem, da Morte na Vida e da Vida no Morte, sei do Sul, do Leste, do Oeste e do Norte
Doces Mistérios além da mente e do coração. Amém

:: VOLTAR
Luzes Celestiais - © Todos os Direitos Reservados - ::Contato::