Make your own free website on Tripod.com
INÍCIO >> INTRODUÇÃO & MEDITAÇÃO
Introdução e Meditação
Por que meditar é preciso????

Queridos amigos (as):

As grandes riquezas são aparentemente invisíveis à nossa retina. O importante é agirmos sempre com inteligência e bom-senso, nas mais variadas partes de nossas vidas. E, assim, obtendo sensibilidade e percepção, certamente poderemos ingressar neste maravilhoso caminho das Luzes Celestiais, rumo à Paz e Harmonia Crística e ao equilíbrio da Divina Mãe e do Absoluto, Nosso Criador, o Esplendor das Luzes, enfim rumo ao Opus Magnum - A Grande Obra A Energia Pura é a verdadeira presença divina. Esta Sincronicidade está em nós, na Terra e no Cosmo A União do Mérito e da Sabedoria são exatamente as duas Asas de um pássaro. O Equilíbrio Divino, indispensável para alçar os Verdadeiros Vôos rumo à Iluminação. Assim, acreditam os budistas tibetanos. A felicidade de todo o Universo está em Nós. É essência apaziguada, é purificação, mérito e prosperidade da eterna e longa Vida...

Nada acontece ao acaso no Universo do Grande Pai. DEUS é o início, o meio e o infinito do processo sincrônico. O vagar da expansão desta Consciência, o Vazio Sagrado, que não depende de nada, não muda, mas impregna o todo e o tudo. É maravilhosamente, Rica Luz, Amor, Perdão, Expansão Cósmica Infinda e a Sutileza Onipotente e Impercebível do Infalível.


Portanto, não existem regras ou ditames. mas intuições universais, apenas percepções de luz, sinais e sementes, raízes crísticas, que podemos descobrir, descortinar ao percorrer o Caminho Sagrado. É, na verdade, um despertar, acordar e chegar a um Tesouro Incomensurável. Saber instintivamente, o tempo certo, a hora exata para embarcar neste Veículo da Perfeição e estar pronto para se iniciar a Viagem Celestial. A intuição é única chave dos Portais e o coração, o fio condutor da mente É a água cristalina a verter da Fonte, formando a Corredeira. Talvez, seja por isso, que os rios correm sempre para o mar. E, a alvorada e o poente traçam leis naturais, rituais elevados, cujo verdadeiro Significado permanece oculto. Meditar é atingir as Joías Sublimes do Refúgio, absorver Energia, Vibrar na Mesma Sincronia. Meditar é perceber a proximidade da perspectiva holística e integradora do Físico, Espiritual e Mental. A Harmonia e Paz que aportam na meditação, são, na realidade, o interior de cada um de nós a resplandescer totalmente livre das negatividades. A oferenda é a Unicidade Somos todos Filhos do Criador, Somos Todos, indistintamente Filho de Deus...

Coinscidência ou não no Alcorão, na Cabala, no antigo livro Tao-te King, nas Sagradas Escrituras e na Bíblia: Deus é sem Forma, mas é Inexuravelmente Completo. Nós não conhecemos Seu Verdadeiro Nome, mas sabemos do Poder do Seu Significado...

Portanto, criar um ritual ou um espaço físico sagrado é interar-se ao Universo. Daí, a importância do agradecimento e da leveza das orações: Que o fluir da Quinta-essência... Que a Paz e Harmonia... Estejam Convosco.

Assim, Quando for entrar em contato com o Cosmos, com Deus, com Cristo, Com o Teu Interior Universal, lave as mãos antes de iniciar seu ritual cabalístico.
Depois molhe a fronte do rosto, exatamente no ponto da testa no meio das sobrancelhas e atrás da cabeça na nuca.Os gurus hindus, os mestres tibetanos acreditavam que este ponto alinhavado ao centro do coração formam o Timo - ( A Aproximação da Invocação do Senhor).

A Inspiração e a respiração soltando e aspirando o ar pode se constituir um exercício preliminar, antes do início do ato de meditação

Nosso Pai Celestial foi o Criador de todo o Universo, mas podemos oferecer-lhe um presente antes de iniciar nossas orações. Portanto, antes de iniciar as orações ofereça uma flor imaginária ou real a Criador -Pater Nostrum, falando palavras como Deus aqui está Tua Flor. Nada tenho que seja meu. Por isso, pego esta pequena parte da Tua Criação e a devolvo a Ti carregada de minha emoção, amor, gratidão e total devoção. Por favor meu Senhor, aceite a minha oferenda.

Depois acenda uma vela, oferecendo para o seu Anjo da Guarda, Anjo Permanente ou aos Arcanjos Rafael, Miguel, Uriel ou Gabriel. E novamente volte a usar a Palavra, dizendo o seguinte: Meu Bondoso e Misericordioso Deus, meu Anjo Guardião, meus maravilhosos Arcanjos, que essa vela seja o símbolo dos meus falsos desejos e os pensamentos ruins. E que todos eles se queimem na Luz de Tua Infinita Sabedoria, assim como a vela se queima diante de meus olhos. Pai Celestial, Arcanjos vitoriosos tragam-me agora Força e Sabedoria. Deus és o amável Deus do Qual fui criado (a). Obrigado Senhor, Obrigado Senhor. Namastê, Cristum Pax, Pax et Bonum

Após a oração, inicie sua meditação desta forma: acenda o incenso utilizando a luz da vela, escolha sempre um canto do seu quarto que ficará sagrado para você, coloque neste local um copo de água e uma pedra. Estarás assim fechando o círculo elemental: água, terra, ar e fogo. A Quintaessência será a fé, a convicção, vosso Louvor, Adetes Fidelis, Paz e Harmonia de Cristo.

Lembre-se, este lugar será o teu pequeno grande templo para entrar em contato com as Luzes Celestiais. Depois de acender a vela e o incenso, sente-se em cima de uma almofada, em posição de lotus no chão ( com as pernas cruzadas e entrepostas).

Leia um Salmos, que são, na realidade, orações e hinos e trazem alívio para a alma. A palavra Salmos é a tradução do termo hebráico PSALMUS que quer dizer Louvores. De preferência leia o Salmo 91, o mais poderoso para invocar os Anjos.

Mas no decorrer da semana, confie na tua intuição para escolher o Salmo do dia. Na sequência, coloque, no gravador ou aparelho de som, uma música suave, por exemplo cantos gregorianos, new age sound, música barroca, clássica, Bach, mantras etc...

Apague a Luz. E permaneça sentado (a) na almofada em posição de Lotus. Feche os olhos e respire fundo várias vezes. Ainda com os olhos fechados comece a trabalhar sua mente.

Imagine um lugar bucólico, uma lagoa azul cercada de montanhas com infindas nuvens no céu, ou imagine estar correndo pelos campos repletos de lírios esvoassantes e pradarias verdes sem fim. Imagine ser parte integrante da natureza, estar acima das nuvens, acima das montanhas, em um vôo livre leve e solto.

Prepare, então, sua alma para uma viagem maravilhosa de pura Luz. Imagine estar em uma clareira no centro de uma floresta de ciprestes Com raios dourados, nimbus de luz que saem do espaço e começam a entrar pela sua cabeça.

Sinta essa luz se espalhar, por todo o seu corpo, te abençoando, protegendo e iluminando. Ainda durante a meditação fale várias vezes:

Confio em ti Coração de Cristo, Confio em ti Coração de Maria.
Se preferir usar o hebraico, fale a frase El Shadai, El Celiona, Adonai, ou um mantra como Om shanti, shanti Om, Namastê, ou OM tarê tam Shava.

Escolha uma destas três frases ou aquela que o teu coração e tua mente quiser. A intuição, repetimos, é a grande chave para abrir os portais celestiais. Deixa-a fluir normalmente. Se você chorar durante a meditação, não se assuste, será a tua alma que estará em êxtase. Deixe o choro fluir e as lágrimas correrem soltas pelo rosto. Que Deus -Javé, Brhama, Kadhoshi- proteja, ilumine e guarde a todos vocês para sempre. Os laços são eternos.


Que os quatro Aracanjos Rafael zelador do Oeste, Miguel, protetor do Norte, Uriel (Leste) e Gabriel (Sul) projetam todos os passos e os cantos e os pontos cardiais da Existência de todos nós. Que a Nova Lua do Oriente Ilumine a Terra e o Universo de Cristo...

Vamos caminhar agora sem medo, sentimento de culpa e ódio no coração rumo às Luzes Celestiais.

Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, em nome da Santíssima Trindade, Iluminada Tríade. Que Assim Seja e Assim Será. Amém.

:: VOLTAR
Luzes Celestiais - © Todos os Direitos Reservados - ::Contato::